Scroll Top

 Gostou do nosso conteúdo? Cadastre seu e-mail e seja informado (a) sobre novas publicações e tenha acesso a conteúdo exclusivo.

Bíblia de Estudo Online

2 Coríntios 5 Estudo: Casa Eterna e o Tribunal de Cristo

2 Coríntios 5 Estudo: Casa Eterna e o Tribunal de Cristo

Em 2 Coríntios 5, Paulo fala sobre a habitação terrena e a casa eterna, isto o corpo humano e o espiritual. Ele aborda esse tema para falar que enquanto estamos aqui estamos “longe” do Senhor, mas em breve essa distância será retirada.

Por isso, devemos viver pela fé. Os nossos olhos devem ser postos em Deus. Se fizermos isso a nossa vida será dirigida pela vontade de Deus estaremos prontos para o tribunal de Jesus Cristo (Ver 2 Coríntios 4 Estudo).

2 Coríntios 5.1 – 6: A habitação terrena e a casa eterna

1 Sabemos que, se for destruída a temporária habitação terrena em que vivemos, temos da parte de Deus um edifício, uma casa eterna nos céus, não construída por mãos humanas.

2 Enquanto isso, gememos, desejando ser revestidos da nossa habitação celestial,

3 porque, estando vestidos, não seremos encontrados nus.

4 Pois, enquanto estamos nesta casa, gememos e nos angustiamos, porque não queremos ser despidos, mas revestidos da nossa habitação celestial, para que aquilo que é mortal seja absorvido pela vida.

5 Foi Deus que nos preparou para esse propósito, dando-nos o Espírito como garantia do que está por vir.

6 Portanto, temos sempre confiança e sabemos que, enquanto estamos no corpo, estamos longe do Senhor.

2 Coríntios 5.7 – 13: O viver pela fé e o tribunal de Jesus Cristo

7 Porque vivemos por fé, e não pelo que vemos.

8 Temos, pois, confiança e preferimos estar ausentes do corpo e habitar com o Senhor.

9 Por isso, temos o propósito de lhe agradar, quer estejamos no corpo, quer o deixemos.

10 Pois todos nós devemos comparecer perante o tribunal de Cristo, para que cada um receba de acordo com as obras praticadas por meio do corpo, quer sejam boas quer sejam más.

11 Uma vez que conhecemos o temor ao Senhor, procuramos persuadir os homens. O que somos está manifesto diante de Deus, e esperamos que esteja manifesto também diante da consciência de vocês.

12 Não estamos tentando novamente recomendar-nos a vocês, porém lhes estamos dando a oportunidade de exultarem em nós, para que tenham o que responder aos que se vangloriam das aparências e não do que está no coração.

13 Se enlouquecemos, é por amor a Deus; se conservamos o juízo, é por amor a vocês.

2 Coríntios 5.14 – 21: O amor de Jesus Cristo e o ministério da reconciliação

14 Pois o amor de Cristo nos constrange, porque estamos convencidos de que um morreu por todos; logo, todos morreram.

15 E ele morreu por todos para que aqueles que vivem já não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou.

16 De modo que, de agora em diante, a ninguém mais consideramos do ponto de vista humano. Ainda que antes tenhamos considerado Cristo dessa forma, agora já não o consideramos assim.

17 Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas!

18 Tudo isso provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação,

19 ou seja, que Deus em Cristo estava reconciliando consigo o mundo, não levando em conta os pecados dos homens, e nos confiou a mensagem da reconciliação.

20 Portanto, somos embaixadores de Cristo, como se Deus estivesse fazendo o seu apelo por nosso intermédio. Por amor a Cristo lhes suplicamos: Reconciliem-se com Deus.

21 Deus tornou pecado por nós aquele que não tinha pecado, para que nele nos tornássemos justiça de Deus.

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, estudante de Teologia e Administração. Seu amor por Jesus o inspirou a fundar esse site.

Faça Parte da Nossa Comunidade!

Gostou do nosso conteúdo? Cadastre seu e-mail e seja informado sobre novas publicações.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.