Scroll Top

 Gostou do nosso conteúdo? Cadastre seu e-mail e seja informado (a) sobre novas publicações e tenha acesso a conteúdo exclusivo.

Bíblia de Estudo Online

Colossenses 1 Estudo: Os Falsos Mestres e a Soberania de Jesus Cristo

Colossenses 1 Estudo: Os Falsos Mestres e a Soberania de Jesus Cristo

Paulo escreve a carta aos Colossenses , com o propósito de combater os falsos mestres que estavam se infiltrando na Igreja. Em Colossenses 1, ele começa a advertir os cristãos sobre esse assunto. Paulo, ora para que eles sejam cheios do conhecimento de Deus e compreendam sua vontade.

Colossenses 1: Saudação

1 Paulo, apóstolo de Cristo Jesus pela vontade de Deus, e o irmão Timóteo,

2 aos santos e fiéis irmãos em Cristo que estão em Colossos: A vocês, graça e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo.

Colossenses 1. 3 – 9: Ação de graças e oração pelo crescimento da fé dos Colossenses

3 Sempre agradecemos a Deus, o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, quando oramos por vocês,

4 pois temos ouvido falar da fé que vocês têm em Cristo Jesus e do amor que têm por todos os santos,

5 por causa da esperança que lhes está reservada nos céus, a respeito da qual vocês ouviram por meio da palavra da verdade, o evangelho

6 que chegou até vocês. Por todo o mundo este evangelho vai frutificando e crescendo, como também ocorre entre vocês, desde o dia em que o ouviram e entenderam a graça de Deus em toda a sua verdade.

7 Vocês o aprenderam de Epafras, nosso amado cooperador, fiel ministro de Cristo para conosco,

8 que também nos falou do amor que vocês têm no Espírito.

9 Por essa razão, desde o dia em que o ouvimos, não deixamos de orar por vocês e de pedir que sejam cheios do pleno conhecimento da vontade de Deus, com toda a sabedoria e entendimento espiritual.

Colossenses 1. 10, 11: Devemos andar de maneira digna diante do Senhor

10 E isso para que vocês vivam de maneira digna do Senhor e em tudo possam agradá-lo, frutificando em toda boa obra, crescendo no conhecimento de Deus e

11 sendo fortalecidos com todo o poder, de acordo com a força da sua glória, para que tenham toda a perseverança e paciência com alegria,

12 dando graças ao Pai, que nos tornou dignos de participar da herança dos santos no reino da luz.

Colossenses 1.13 – 19: Jesus nos tirou das Trevas, Ele é o Senhor de toda a criação.

13 Pois ele nos resgatou do domínio das trevas e nos transportou para o Reino do seu Filho amado,

14 em quem temos a redenção, a saber, o perdão dos pecados.

15 Ele é a imagem do Deus invisível, o primogênito sobre toda a criação,

16 pois nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos ou soberanias, poderes ou autoridades; todas as coisas foram criadas por ele e para ele.

17 Ele é antes de todas as coisas, e nele tudo subsiste.

18 Ele é a cabeça do corpo, que é a igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a supremacia.

19 Pois foi do agrado de Deus que nele habitasse toda a plenitude,

Colossenses 1. 20 – 23: Separados de Deus, fomos reconciliados por Jesus na Cruz

20 e por meio dele reconciliasse consigo todas as coisas, tanto as que estão na terra quanto as que estão nos céus, estabelecendo a paz pelo seu sangue derramado na cruz.

21 Antes vocês estavam separados de Deus e, na mente de vocês, eram inimigos por causa do mau procedimento de vocês.

22 Mas agora ele os reconciliou pelo corpo físico de Cristo, mediante a morte, para apresentá-los diante dele santos, inculpáveis e livres de qualquer acusação,

23 desde que continuem alicerçados e firmes na fé, sem se afastarem da esperança do evangelho, que vocês ouviram e que tem sido proclamado a todos os que estão debaixo do céu. Esse é o evangelho do qual eu, Paulo, me tornei ministro.

Colossenses 1.24 – 29: A alegria de Paulo no sofrimento e a revelação dos mistérios de Deus

24 Agora me alegro em meus sofrimentos por vocês, e completo no meu corpo o que resta das aflições de Cristo, em favor do seu corpo, que é a igreja.

25 Dela me tornei ministro de acordo com a responsabilidade, por Deus a mim atribuída, de apresentar-lhes plenamente a palavra de Deus,

26 o mistério que esteve oculto durante épocas e gerações, mas que agora foi manifestado a seus santos.

27 A ele quis Deus dar a conhecer entre os gentios a gloriosa riqueza deste mistério, que é Cristo em vocês, a esperança da glória.

28 Nós o proclamamos, advertindo e ensinando a cada um com toda a sabedoria, para que apresentemos todo homem perfeito em Cristo.

29 Para isso eu me esforço, lutando conforme a sua força, que atua poderosamente em mim.

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, estudante de Teologia e Administração. Seu amor por Jesus o inspirou a fundar esse site.

Faça Parte da Nossa Comunidade!

Gostou do nosso conteúdo? Cadastre seu e-mail e seja informado sobre novas publicações.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.