Scroll Top

 Gostou do nosso conteúdo? Cadastre seu e-mail e seja informado (a) sobre novas publicações e tenha acesso a conteúdo exclusivo.

Bíblia de Estudo Online

Gálatas 1 Estudo: O Abandono ao Verdadeiro Evangelho

Gálatas 1 Estudo: O Abandono ao Verdadeiro Evangelho

Em Gálatas 1, Paulo começa a revelar o propósito da carta: combater os falsos ensinos dos mestres judaicos, que estavam perturbando a ordem entre os cristãos da Galácia. Paulo chama a atenção, sobre o fato dos Gálatas terem se desviado do evangelho anunciado por ele, cuja autoridade é atestada pelo Espírito Santo através dos frutos de seu ministério e também pelo apóstolos.

Ele fundamenta o valor da sua pregação, também no milagre de sua conversão: “Vocês ouviram qual foi o meu procedimento no judaísmo”. Paulo foi grande perseguidor do Evangelho e passou a defendê-lo após um encontro fantástico com Jesus Cristo (Ver Gálatas Estudo).

Gálatas 1.1 – 5: Saudação

1 Paulo, apóstolo enviado, não da parte de homens nem por meio de pessoa alguma, mas por Jesus Cristo e por Deus Pai, que o ressuscitou dos mortos,

2 e todos os irmãos que estão comigo, às igrejas da Galácia:

3 A vocês, graça e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo,

4 que se entregou a si mesmo por nossos pecados a fim de nos resgatar desta presente era perversa, segundo a vontade de nosso Deus e Pai,

5 a quem seja a glória para todo o sempre. Amém.

Gálatas 1.6 – 10: Gálatas abandonam o verdadeiro Evangelho

6 Admiro-me de que vocês estejam abandonando tão rapidamente aquele que os chamou pela graça de Cristo, para seguirem outro evangelho

7 que, na realidade, não é o evangelho. O que ocorre é que algumas pessoas os estão perturbando, querendo perverter o evangelho de Cristo.

8 Mas ainda que nós ou um anjo dos céus pregue um evangelho diferente daquele que lhes pregamos, que seja amaldiçoado!

9 Como já dissemos, agora repito: Se alguém lhes anuncia um evangelho diferente daquele que já receberam, que seja amaldiçoado!

10 Acaso busco eu agora a aprovação dos homens ou a de Deus? Ou estou tentando agradar a homens? Se eu ainda estivesse procurando agradar a homens, não seria servo de Cristo.

Gálatas 1. 11 – 24: A origem do Evangelho anunciado por Paulo

11 Irmãos, quero que saibam que o evangelho por mim anunciado não é de origem humana.

12 Não o recebi de pessoa alguma nem me foi ele ensinado; ao contrário, eu o recebi de Jesus Cristo por revelação.

13 Vocês ouviram qual foi o meu procedimento no judaísmo, como perseguia com violência a igreja de Deus, procurando destruí-la.

14 No judaísmo, eu superava a maioria dos judeus da minha idade, e era extremamente zeloso das tradições dos meus antepassados.

15 Mas Deus me separou desde o ventre materno e me chamou por sua graça. Quando lhe agradou

16 revelar o seu Filho em mim para que eu o anunciasse entre os gentios, não consultei pessoa alguma.

17 Tampouco subi a Jerusalém para ver os que já eram apóstolos antes de mim, mas de imediato parti para a Arábia, e voltei outra vez a Damasco.

18 Depois de três anos, subi a Jerusalém para conhecer Pedro pessoalmente, e estive com ele quinze dias.

19 Não vi nenhum dos outros apóstolos, a não ser Tiago, irmão do Senhor.

20 Quanto ao que lhes escrevo, afirmo diante de Deus que não minto.

21 A seguir, fui para as regiões da Síria e da Cilícia.

22 Eu não era pessoalmente conhecido pelas igrejas da Judéia que estão em Cristo.

23 Apenas ouviam dizer: “Aquele que antes nos perseguia, agora está anunciando a fé que outrora procurava destruir”.

24 E glorificavam a Deus por minha causa.

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, estudante de Teologia e Administração. Seu amor por Jesus o inspirou a fundar esse site.

Faça Parte da Nossa Comunidade!

Gostou do nosso conteúdo? Cadastre seu e-mail e seja informado sobre novas publicações.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.