Gostou do nosso conteúdo? Cadastre seu e-mail e seja informado (a) sobre novas publicações e tenha acesso a conteúdo exclusivo.

Bíblia de Estudo Online

Mateus 5 Estudo: O Sermão da Montanha

Mateus 5 Estudo: O Sermão da Montanha

Mateus 5.1 – 12: Em Mateus 5, Jesus Cristo dá início ao seu sermão mais famoso: O Sermão da Montanha. A riqueza desse conteúdo é imensurável.

O Senhor começa falando acerca das bem-aventuranças (Ver Estudo Bíblico Sobre as Bem-Aventuranças: Bem-Aventurados em 8 Passos) e ressalta os privilégios que apenas os bem-aventurados alcançarão.

Mateus 5.13 – 16: Jesus ensina aos seus discípulos sobre o valor do caráter. Ele não tem a pretensão de formar religiosos, mas sim discípulos.

A intenção do Mestre dos Mestres é que os seus seguidores sejam pessoas sinceramente agradáveis a Deus e moralmente corretas para a sociedade.

Mateus 5.17 – 20: Jesus deixa claro que seus objetivos é cumprir a Lei sob a perspectiva de Deus. Os fariseus e religiosos da época transformaram a Lei de Deus em um monte de regras fúteis.

Essas regras só deixavam as pessoas cada vez mais longe do seu Criador. Jesus Cristo quer mostrar como a Lei deveria ser cumprida.

Mateus 5.21 – 26: Jesus ensina que devemos ser pessoas maleáveis. A ira e a discórdia só geram mais ira e discórdia.

Precisamos valorizar o diálogo e o bom relacionamento para vivermos em paz com a maioria das pessoas.

Mateus 5.27 – 32: Jesus ensina que o casamento é benção de Deus e o seu propósito é que ele não acabe.

Mateus 5.33 – 37: Jesus ensina que não devemos fazer juramentos para dar validade ao que dizemos. Em lugar disso as nossas palavras devem ser sinceras e de valor real.

Dessa forma, quando dizemos sim dever ser sim. Quando dissermos não, deve ser não.

Mateus 5.38 – 42: Jesus ensina que em muitos momentos o consenso é a melhor saída. Na vida precisamos aprender a abrir mão, ceder. De outra maneira viveremos em conflitos infindáveis.

Mateus 5.43 – 48: Jesus ensina que a sociedade deste a antiguidade é marcada pelo ódio e o rancor. Ao longo das gerações somos ensinados que as pessoas devem receber o que merecem.

Jesus Cristo nos dá um novo panorama do assunto. Ele nos exorta a ser tolerantes, a valorizar o amor, a cooperação.

Ele resume todo esse pensamento com: “Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem…” (Ver Mateus 4 Estudo)

Mateus 5.1 – 12: As Bem-aventuranças

1 Vendo as multidões, Jesus subiu ao monte e se assentou. Seus discípulos aproximaram-se dele,

2 e ele começou a ensiná-los, dizendo:

3 Bem-aventurados os pobres em espírito, pois deles é o Reino dos céus.

4 Bem-aventurados os que choram, pois serão consolados.

5 Bem-aventurados os humildes, pois eles receberão a terra por herança.

6 Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, pois serão satisfeitos.

7 Bem-aventurados os misericordiosos, pois obterão misericórdia.

8 Bem-aventurados os puros de coração, pois verão a Deus.

9 Bem-aventurados os pacificadores, pois serão chamados filhos de Deus.

10 Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, pois deles é o Reino dos céus.

11 Bem-aventurados serão vocês quando, por minha causa, os insultarem, os perseguirem e levantarem todo tipo de calúnia contra vocês.

12 Alegrem-se e regozijem-se, porque grande é a sua recompensa nos céus, pois da mesma forma perseguiram os profetas que viveram antes de vocês.

Mateus 5.13 – 16: O sal da Terra e a luz do mundo

13 Vocês são o sal da terra. Mas se o sal perder o seu sabor, como restaurá-lo? Não servirá para nada, exceto para ser jogado fora e pisado pelos homens.

14 Vocês são a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte.

15 E, também, ninguém acende uma candeia e a coloca debaixo de uma vasilha. Ao contrário, coloca-a no lugar apropriado, e assim ilumina a todos os que estão na casa.

16 Assim brilhe a luz de vocês diante dos homens, para que vejam as suas boas obras e glorifiquem ao Pai de vocês, que está nos céus.

Mateus 5.17 – 20: Jesus cumpriu Lei

17 Não pensem que vim abolir a Lei ou os Profetas; não vim abolir, mas cumprir.

18 Digo-lhes a verdade: Enquanto existirem céus e terra, de forma alguma desaparecerá da Lei a menor letra ou o menor traço, até que tudo se cumpra.

19 Todo aquele que desobedecer a um desses mandamentos, ainda que dos menores, e ensinar os outros a fazerem o mesmo, será chamado menor no Reino dos céus; mas todo aquele que praticar e ensinar estes mandamentos será chamado grande no Reino dos céus.

20 Pois eu lhes digo que se a justiça de vocês não for muito superior à dos fariseus e mestres da lei, de modo nenhum entrarão no Reino dos céus.

Mateus 5.21 – 26: Conselhos acerca dos relacionamentos

21 Vocês ouviram o que foi dito aos seus antepassados: “Não matarás”, e “quem matar estará sujeito a julgamento”.

22 Mas eu lhes digo que qualquer que se irar contra seu irmão estará sujeito a julgamento. Também, qualquer que disser a seu irmão: “Racá”, será levado ao tribunal. E qualquer que disser: “Louco!”, corre o risco de ir para o fogo do inferno.

23 Portanto, se você estiver apresentando sua oferta diante do altar e ali se lembrar de que seu irmão tem algo contra você,

24 deixe sua oferta ali, diante do altar, e vá primeiro reconciliar-se com seu irmão; depois volte e apresente sua oferta.

25 Entre em acordo depressa com seu adversário que pretende levá-lo ao tribunal. Faça isso enquanto ainda estiver com ele a caminho, pois, caso contrário, ele poderá entregá-lo ao juiz, e o juiz ao guarda, e você poderá ser jogado na prisão.

26 Eu lhe garanto que você não sairá de lá enquanto não pagar o último centavo.

Mateus 5.27 – 32: Casamento e pecado

27 Vocês ouviram o que foi dito: “Não adulterarás”.

28 Mas eu lhes digo: Qualquer que olhar para uma mulher e desejá-la, já cometeu adultério com ela no seu coração.

29 Se o seu olho direito o fizer pecar, arranque-o e lance-o fora. É melhor perder uma parte do seu corpo do que ser todo ele lançado no inferno.

30 E se a sua mão direita o fizer pecar, corte-a e lance-a fora. É melhor perder uma parte do seu corpo do que ir todo ele para o inferno.

31 Foi dito: “Aquele que se divorciar de sua mulher deverá dar-lhe certidão de divórcio”.

32 Mas eu lhes digo que todo aquele que se divorciar de sua mulher, exceto por imoralidade sexual, faz que ela se torne adúltera, e quem se casar com a mulher divorciada estará cometendo adultério.

Mateus 5.33 – 37: Juramento e o peso das palavras

33 Vocês também ouviram o que foi dito aos seus antepassados: “Não jure falsamente, mas cumpra os juramentos que você fez diante do Senhor”.

34 Mas eu lhes digo: Não jurem de forma alguma: nem pelos céus, porque é o trono de Deus;

35 nem pela terra, porque é o estrado de seus pés; nem por Jerusalém, porque é a cidade do grande Rei.

36 E não jure pela sua cabeça, pois você não pode tornar branco ou preto nem um fio de cabelo.

37 Seja o seu “sim”, “sim”, e o seu “não”, “não”; o que passar disso vem do Maligno.

Mateus 5.38 – 42: A importância do consenso

38 Vocês ouviram o que foi dito: “Olho por olho e dente por dente”.

39 Mas eu lhes digo: Não resistam ao perverso. Se alguém o ferir na face direita, ofereça-lhe também a outra.

40 E se alguém quiser processá-lo e tirar-lhe a túnica, deixe que leve também a capa.

41 Se alguém o forçar a caminhar com ele uma milha, vá com ele duas.

42 Dê a quem lhe pede, e não volte as costas àquele que deseja pedir-lhe algo emprestado.

Mateus 5.43 – 48: O amor ao próximo

43 Vocês ouviram o que foi dito: “Ame o seu próximo e odeie o seu inimigo”.

44 Mas eu lhes digo: Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem,

45 para que vocês venham a ser filhos de seu Pai que está nos céus. Porque ele faz raiar o seu sol sobre maus e bons e derrama chuva sobre justos e injustos.

46 Se vocês amarem aqueles que os amam, que recompensa vocês receberão? Até os publicanos fazem isso!

47 E se saudarem apenas os seus irmãos, o que estarão fazendo de mais? Até os pagãos fazem isso!

48 Portanto, sejam perfeitos como perfeito é o Pai celestial de vocês.

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, estudante de Teologia e Administração. Seu amor por Jesus o inspirou a fundar esse site.

Faça Parte da Nossa Comunidade!

Gostou do nosso conteúdo? Cadastre seu e-mail e seja informado sobre novas publicações.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.