Scroll Top

 Gostou do nosso conteúdo? Cadastre seu e-mail e seja informado (a) sobre novas publicações e tenha acesso a conteúdo exclusivo.

Bíblia de Estudo Online

Tito Estudo: Carta de Paulo a Tito

Tito Estudo: Carta de Paulo a Tito

A carta de Paulo a Tito é parte do extraordinário ensinamento das escrituras do novo testamento. Tito é um jovem pastor, discípulo de Paulo que demonstrou empenho e paixão no seu serviço ao ministério.

O propósito da carta de Paulo a Tito é fortalecê-lo e instruí-lo, a fim de que possa enfrentar as dificuldades da congregação.

Tito:  Autor da Carta

Ao final do livro de Atos, vemos que o apóstolo Paulo vai cumprir prisão domiciliar, onde cumpriria a sentença sob a vigilância da guarda pretoriana em Roma.

Dois anos após, Paulo é solto por falta de evidências e insistência dos seus acusadores em levar a questão diante de César (Atos 24.1; 28.30).

Após isso, Paulo parte em visita a Igreja em Éfeso. Ali deixa Timóteo como supervisor da missão e evangelismo nas igrejas da Ásia, e segue viagem em direção a Macedônia.

Ao chegar ao norte da Grécia, Paulo escreve sua primeira carta a Timóteo (I Timóteo 1.3). Quando chegou em Creta, deixou seu discípulo e querido amigo – Tito, com o propósito de encorajar e orientar a liderança cretense. Em seguida, Paulo parte para a Acaia, região sul da Grécia (3.12).

Quem foi Tito?

Depois de uma obra missionária frutífera em Creta, Paulo decide deixar seu amado amigo e filho espiritual, com a Igreja em Creta. O propósito era organizar e treinar uma liderança espiritual consistente para dar prosseguimento a obra.

É importante saber que Tito era um líder cristão, gentio de nascimento (Gálatas 2.3) que foi alcançado pelo ministério de Paulo. Com o tempo o jovem pastor tornou-se grande amigo e cooperador de Paulo.

Quando precisou viajar para Antioquia, a fim de defender seu ministério e teologia, Paulo levou o jovem como prova viva e eficaz de sua pregação entre os gentios (II Timóteo 2.8).

O Objetivo da Carta de Paulo a Tito

A carta foi enviada pelos evangelistas Zenas e Apolo. Isto aconteceu por meio de uma viagem missionária que colocou Creta no roteiro (3.13).

O objetivo de Paulo é fortalecer a autoridade pastoral de Tito. Visto que há uma oposição muito forte por parte dos líderes locais, a sua presença.

Além disso, a carta contém várias e valiosas instruções ao jovem pastor, sobre como enfrentar a oposição, instruir a igreja, sobre o comportamento dos irmãos e sobre seus planos futuros.

Primeira Publicação da Carta

Paulo escreveu a carta quando esteve na Macedônia, pouco antes de chegar a Nicopólis, cidade localizada na Acaia, ao sul da Grécia. Isto aconteceu por volta de 64 d.C

Esboço Geral da Carta

  1. Sudação a Tito, presbítero da Igreja na Grécia (1.1-4) 

  2. Orientações de Paulo quanto à reforma da Igreja (1.5-16) 

  • Liderança espiritual qualificada e madura (1.5-9)
  • Como lidar com os falsos mestres (1.10-16)
  1. Orientações quanto a forma de pregar a palavra (2.1-15) 

  • Responsabilidade moral dos cristãos (2.1-10)
  • Homens e mulheres idosos na Igreja (2.2-5)
  • Aos jovens da Igreja (2.6-8)
  • Para os escravos e trabalhadores (2.9,10)
  • Relação entre salvação e ética (2.11-15)
  1. Comportamento dos cristãos na sociedade (3.1-15) 

  • Obrigações civis e sociais dos cristãos (3.1,2)
  • Todos podem ser salvos em Jesus Cristo (3.3-7)
  • A pregação deve sem legalismo e dissensões (3.8-11)
  • Pedidos, saudações finais e bênção apostólica (3.12-15)

Capítulos:

Tito 1 Estudo: Recomendações de Paulo

Tito 2 Estudo: Como Ensinar e Se Comportar

Tito 3 Estudo: Influenciados Pelo Espírito Santo

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, estudante de Teologia e Administração. Seu amor por Jesus o inspirou a fundar esse site.

Faça Parte da Nossa Comunidade!

Gostou do nosso conteúdo? Cadastre seu e-mail e seja informado sobre novas publicações.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.