Scroll Top

 Gostou do nosso conteúdo? Cadastre seu e-mail e seja informado (a) sobre novas publicações e tenha acesso a conteúdo exclusivo.

Jesus

Deus Existe? Quem é Deus? A Bíblia é a Palavra de Deus?

A existência de Deus é uma das maiores questões da vida. Neste artigo vou abordar essa questão de uma forma abrangente, mostrando quem é Deus e a sua relação com a Bíblia. LEIA O ARTIGO E CONFIRA!

Deus Existe? Quem é Deus? A Bíblia é a Palavra de Deus?

A palavra Deus, aparece entre 4.000 e 7.000 vezes nas principais traduções da Bíblia em português. Ele é visto, crido e representado por milhares de formas ao longo das épocas em todas as nações.

Mas quem é Deus? Como Ele se manifesta? Qual a sua representação correta? Qual a expressão de religião que o revela corretamente? A Bíblia é a sua Palavra?

Neste artigo pretendo trazer um esclarecimento abrangente sobre todas essas questões, além de abordar outras.

A Bíblia é a Palavra de Deus? 

A Bíblia é a Palavra de Deus

Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção e para a instrução na justiça. (2 Timóteo 3:16)

A Bíblia é Inspirada. O termo grego é theopneustos, significa soprada por Deus. Ou seja, Deus “soprou”, sussurrou os escritos da Bíblia aos ouvidos de seus autores.

A maior evidência de que isso é fato e verdade, não está na ciência nem na arqueologia. Está nas pessoas. A Bíblia não um livro informativo, como por exemplo, um jornal, cuja notícias informam e instruem em determinado momento e contexto. Tendo um prazo de validade.

O propósito da Bíblia é ser útil. O termo no grego é ophelimos, que significa benéfico, vantajoso, útil. A Bíblia não procura satisfazer a curiosidade, ou ser mais uma fonte para debates sobre as questões da vida. Ela procura ser útil a cada ser humano para questões de seu relacionamento com o Senhor e com a vida, isso diariamente.

Embora o apóstolo Paulo tenha feito essa declaração (2 Timóteo 3:16), provavelmente com relação ao Antigo Testamento, visto que ele não sabia que as suas, e outras cartas se tornariam parte do Novo Testamento, as palavras do apóstolo Pedro confirmam sua veracidade.

Ele recebeu honra e glória da parte de Deus Pai, quando da suprema glória lhe foi dirigida a voz que disse: “Este é o meu filho amado, em quem me agrado”. Nós mesmos ouvimos essa voz vinda do céu, quando estávamos com ele no monte santo. Assim, temos ainda mais firme a palavra dos profetas, e vocês farão bem se a ela prestarem atenção, como a uma candeia que brilha em lugar escuro, até que o dia clareie e a estrela da alva nasça em seus corações. Antes de mais nada, saibam que nenhuma profecia da Escritura provém de interpretação pessoal, pois jamais a profecia teve origem na vontade humana, mas homens falaram da parte de Deus, impelidos pelo Espírito Santo. (2 Pedro 1:17-21)

O que isso significa?

Significa que o Testemunho dado pelos apóstolos através dos Evangelhos e das cartas a cerca de Jesus Cristo são parte dessa profecia.

As Utilidades da Bíblia a Palavra de Deus 

A Bíblia é útil para o ensino. O termo grego é didaskalia, refere-se a doutrina. Não um ensinamento simples, momentâneo, que pode ser esquecido. Esse termo faz referência a ensinos eternamente importantes, que não podem ser esquecidos nem ignorados.

A Bíblia é útil para a repreensão. O termo grego é elegmos, tem o sentido de prova (teste), evidência. Indica convicção, condenação de um criminoso, ou chamar atenção por um erro. Ou seja, o ensino da Bíblia nos purifica. Molda nosso caráter. Deixando-o parecido com caráter do Senhor.

A Bíblia é útil para a correção. O termo grego é epanorthosis, significa aprimoramento. A Bíblia não nos mostra onde estamos errados, apenas, ela mesma nos aperfeiçoa. O seu caráter vivo e eficaz (Hebreus 4.12), produz no ser humano um aperfeiçoamento “natural” à medida que este põe em prática suas instruções.

A Bíblia é útil para a instrução na justiça. O termo grego para instrução é paideia, que significa educação de crianças, criação, treinamento, disciplina, instrução. Já a palavra justiça é dikaiosune, significando: treinamento naquilo que é reto.

Ou seja, o convívio, contato do ser humano com a Bíblia o levará a praticar o que é justo diante do Senhor. Algo como o caráter moral de Jesus (Ver artigo: as Bem-aventuranças – Como Ser Bem-Aventurado em 8 Passos).

Faça Parte da Nossa Comunidade!

Gostou do nosso conteúdo? Cadastre seu e-mail e seja informado sobre novas publicações.

Deus Existe?   

Deus Existe?

Pela fé entendemos que o universo foi formado pela palavra de Deus, de modo que o que se vê não foi feito do que é visível. (Hebreus 11.3)

A Bíblia não se propõe a provar que Deus existe. Ela diz que Ele existe. Portanto, você precisa crer na inspiração da Bíblia, ou pelo menos buscar saber se ela é, para entender melhor o assunto.

Essa existência começa a ser entendida pela fé. Por quê?

Porque não há como submetê-la a testes de laboratórios. Deus é espirito. A fé no capacita a entender a sua existência conforme é descrita e ensinada na Bíblia.

E qual a minha resposta para as perguntas: “Qual a origem de Deus?”, “Quem o criou?”

É o que está escrito em Isaías 43.13: Ainda antes que houvesse dia, eu sou; e ninguém há que possa fazer escapar das minhas mãos; agindo eu, quem o impedirá?

Deus é! Ele disse a Moisés: “Eu Sou o que Sou” (Êxodo 3.14).

Ele está em uma esfera de conhecimento infinitamente maior do que a nossa. As respostas a essas perguntas fogem a nossa noção de realidade. Por quê?

Porque nós estamos sujeitos a tempo e espaço. Para nós a vida começou com a existência da humanidade. Para o Senhor não. Ele não possui começo nem fim. Através de Jesus Cristo ele declara:

Eu sou o Alfa e o Ômega, o Primeiro e o Último, o Princípio e o Fim. (Apocalipse 22:13)

Ou seja, Deus não possui origem. Ele é a origem.

Quem é Deus? 

Quem é Deus?

Essa é uma resposta bastante complexa. Uma coisa é você perguntar: “Quem é Diego Nascimento? ”. Você pode saber tudo que importa sobre mim em algumas linhas. Agora, responder quem é Deus?, fica bem mais complexo, por causa de quem Ele é.

Por isso eu pretendo desenvolver a resposta da seguinte forma:

  • A Revelação progressiva;
  • Os Atributos de Deus;

A Revelação Progressiva 

Há muito tempo Deus falou muitas vezes e de várias maneiras aos nossos antepassados por meio dos profetas, mas nestes últimos dias falou-nos por meio do Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas e por meio de quem fez o universo. (Hebreus 1:1,2)

O escritor aos hebreus afirma que o Senhor falou, no passado de muitas maneiras por meio dos profetas e continua falando hoje por meio do testemunho e ensinamentos de Jesus Cristo, seu filho. Ou seja, falou de uma maneira no passado e fala de outra hoje.

A Bíblia começa dizendo: No princípio Deus criou os céus e a terra. (Gênesis 1.1). A partir daí, ao longo dos 66 livros os trechos bíblicos vão revelando traços da sua “pessoa”.

Já com a Terra pronta e com seus habitantes Adão e Eva morando no jardim do Éden, o Senhor tinha o costume de visitá-los ao entardecer (Gênesis 3.8). Foi em um desses encontros que Ele deu as instruções de como o casal deveria viver, mostrando o seu interesse em revelar-se a humanidade.

Nos nossos dias essa comunicação se dá de pelo menos duas maneiras:

  • A revelação especial: Através da Bíblia Sagrada, que revela os atributos e o propósito do Senhor para a humanidade.
  • A revelação geral: Essa comunicação se dá por meio da Criação, sua intervenção na História e na constituição da humanidade.

Pois assim diz o Alto e Sublime, que vive para sempre, e cujo nome é santo: “Habito num lugar alto e santo, mas habito também com o contrito e humilde de espírito, para dar novo ânimo ao espírito do humilde e novo alento ao coração do contrito. (Isaías 57.15)

Deus embora Alto e Sublime, procura relacionar-se com o ser humano de forma harmoniosa, no entanto Ele estabelece um pré-requisito: contrito e humilde de espírito. Para chegar ao final da jornada do conhecimento do Senhor, é necessário ter humildade. Por quê?

Há muitas coisas sobre Ele que não compreenderemos. Mas precisamos aceitar. É nesse ponto que muitas pessoas param. O ser humano do século XXI é colocado no centro, como deus. Ou seja, quer ter domínio sobre tudo e ter todas as respostas.

O Senhor não nos dá todas as respostas. Embora se revele a humanidade, o conhecimento que temos sobre Ele não é pleno. É parcial. O apóstolo Paulo diz que “agora, pois, vemos apenas um reflexo obscuro, como em espelho…” (I Coríntios 13.12), mas depois, quando o Senhor se revelar plenamente conheceremos “plenamente, da mesma forma como sou plenamente conhecido. ” (1 Coríntios 13:12).

A Teofania 

A teofania é uma das formas utilizadas por Deus, após o pecado de Adão e Eva, para se revelar no Antigo Testamento. Ela se dava quando o Senhor aparecia sob a forma de: anjo, homem de fogo, nuvem, voz audível, etc.

Exemplos:

  • Deus apareceu a Jó num redemoinho (Jó 38.1)
  • Apareceu a Abraão em forma de homem (Gênesis 18.1-8; 17.1)
  • Apareceu a Isaque (Gênesis 26.2,24)
  • Apareceu a Jacó (Êxodo 6.3; Gênesis 28.13-17)
  • Na sarça ardente (Êxodo 3.2-6)
  • Na coluna de nuvem e fogo (Êxodo 14.24)
  • Na nuvem escura sobre o Monte Sinai apareceu a todo o povo (Êxodo 19.9,11,16-19; 20.18-21)
  • E também aos anciãos (Êxodo 24.9-11.15-18)
  • E ainda na tenda da congregação (Êxodo 33.7-11)

As Profecias 

Há muito tempo Deus falou muitas vezes e de várias maneiras aos nossos antepassados por meio dos profetas… (Hebreus 12.1)

A partir de Moisés, Ele começou a falar com a humanidade por meio da profecia, palavras inspiradas. O profeta recebia a revelação por meio de sonhos, visões ou da voz audível do Senhor e tinha a responsabilidade de entregar a mensagem ao destinatário.

Essa forma de comunicação se deu de Moisés a João Batista (Lucas 16.16). O que permanece hoje é a profecia como dom espiritual.

Deus e o Seu Filho Jesus

No princípio era aquele que é a Palavra. Ele estava com Deus, e era Deus. (João 1.1)

Aquele que é a Palavra tornou-se carne e viveu entre nós. Vimos a sua glória, glória como do Unigênito vindo do Pai, cheio de graça e de verdade. (João 1.14)

Ninguém jamais viu a Deus, mas o Deus Unigênito, que está junto do Pai, o tornou conhecido. (João 1.18)

Vimos que o Senhor, nos últimos dias – isto é a nossa era – nos fala por meio de seu Filho Jesus Cristo. E esta comunicação é com certeza a maior e mais completa que as duas anteriores. A revelação por meio da teofania e da profecia se dava de forma simbólica e temporária.

A revelação do Senhor por meio de Jesus Cristo é mais completa que as anteriores porque desde o princípio Ele estava com Deus, e era Deus. Outro fator fundamental, é que ninguém jamais viu a Deus, mas o Deus Unigênito, que está junto do Pai, o tornou conhecido.

Ou seja, a revelação que Jesus traz é a mais completa e com maior autoridade.

Faça Parte da Nossa Comunidade!

Gostou do nosso conteúdo? Cadastre seu e-mail e seja informado sobre novas publicações.

Alguns dos Atributos Deus

Atributos de Deus

No decorrer da Bíblia o Senhor vai revelando partes de seus atributos. Esses atributos são divididos em dois grupos: atributos incomunicáveis e os atributos comunicáveis.

Atributos incomunicáveis: são exclusivos da divindade. Apenas o Senhor os têm. São eles:

  • Perfeição Porventura alcançarás os caminhos de Deus, ou chegarás à perfeição do Todo-Poderoso? (Jó 11.7)
  • Espiritualidade Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade. (João 4.24)
  • Infinitude E agora glorifica-me tu, ó Pai, junto de ti mesmo, com aquela glória que tinha contigo antes que o mundo existisse. (…) porque tu me amaste antes da fundação do mundo. (João 17.5,24)
  • Eternidade O teu trono está firme desde então; tu és desde a eternidade. (Salmos 93.2)
  • Imutabilidade E também diz: “No princípio, Senhor, firmaste os fundamentos da terra, e os céus são obras das tuas mãos. Eles perecerão, mas tu permanecerás; envelhecerão como vestimentas. Tu os enrolarás como um manto, como roupas eles serão trocados. Mas tu permaneces o mesmo, e os teus dias jamais terão fim”. (Hebreus 1:10-12)
  • Onipresença e Imensidade “Sou eu apenas um Deus de perto”, pergunta o Senhor, “e não também um Deus de longe? Poderá alguém esconder-se sem que eu o veja? “, pergunta o Senhor. “Não sou eu aquele que enche os céus e a terra? “, pergunta o Senhor. (Jeremias 23:23,24)
  • Onipotência Pois nada é impossível para Deus. (Lucas 1.37) 

Atributos comunicáveis: são aqueles que podem ser espelhados pelo ser humano, embora numa escala infinitamente menor. São eles:

  • A Santidade pois está escrito: “Sejam santos, porque eu sou santo”. (I Pedro 1.16)
  • Verdade e Fidelidade Nas tuas mãos entrego o meu espírito; resgata-me, Senhor, Deus da verdade. (Salmos 31.5)
  • O Amor Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor. (…) Assim conhecemos o amor que Deus tem por nós e confiamos nesse amor. Deus é amor. Todo aquele que permanece no amor permanece em Deus, e Deus nele. (1 João 4.8,16)
  • Bondade O Senhor é bom para todos, e as suas misericórdias são sobre todas as suas obras. (Salmos 145.9)
  • Misericórdia, Longanimidade e a Graça (2400) Misericordioso e piedoso é o Senhor; longânimo e grande em benignidade. (Salmos 103.8)
  • Justiça Deus é juiz justo, um Deus que se ira todos os dias. (Salmos 7.11)
  • Sabedoria Com ele está a sabedoria e a força; conselho e entendimento tem. (Jó 12.13) 

Deus Pode Ser Encontrado?

Deus pode ser Encontrado?

Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês”, diz o Senhor, “planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro. Então vocês clamarão a mim, virão orar a mim, e eu os ouvirei. Vocês me procurarão e me acharão quando me procurarem de todo o coração. (Jeremias 29:11-13)

Como vimos o Senhor não criou a Terra e abandonou a humanidade a sua própria sorte. Desde o gênesis Ele procura desenvolver intimidade conosco.

Somente Deus sabe o que é melhor para nós. Ele tem bons planos a nosso respeito, propósitos de nós fazer crescer, prosperar.

Para o encontrar é preciso que vivamos o primeiro e grande mandamento: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças, e de todo o teu entendimento… (Lucas 10:27).

Se o amarmos, seremos ouvidos todas as vezes que clamarmos (Salmos 18. 1,6). A distância entre nós e Deus foi quebrada por Jesus na Cruza nossa comunhão com Ele foi restaurada.

Vida Com Deus: Como Desenvolver?

Vida Com Deus: Como Desenvolver?

“Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso. Tomem sobre vocês o meu jugo e aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso para as suas almas. (Mateus 11:28,29)

É preciso querer. O Senhor Jesus convida. É um convite aberto e irrestrito. Obviamente que há muitas escolhas e renúncias no caminho (Mateus 16.24). Mas agora só depende de você (Hebreus 3.7,8).

“O amor da criatura para com o Criador requer necessariamente obediência; caso contrário, não tem qualquer sentido”. (Francis Schaeffer)

Para saber mais sobre como desenvolver vida com Deus leia o artigo: 7 Conselhos Para Intimidade com Deus. 

Deus Fala Comigo?

Pois a verdade é que Deus fala, ora de um modo, ora de outro, mesmo que o homem não o perceba. (Jó 33:14)

Como dito anteriormente, a forma de comunicação do Senhor com a humanidade foi mudando com o passar do tempo: Teofania, Profecia e o testemunho de Jesus Cristo.

Atualmente a forma de comunicação geral, do Senhor com a humanidade é a Bíblia Sagrada. É através dela que Ele se revela e se comunica conosco.

Deus fala comigo ou com você, também através do dom da profecia, como falou por exemplo, com o apóstolo Paulo (Atos 21.10,11). No entanto, nenhuma profecia pessoal deve contradizer o que a Bíblia diz. Ou seja, quando receber uma profecia submeta ela ao julgamento das Escrituras.

Uma Palavra de Deus Pode Mudar Sua Vida

No princípio Deus criou os céus e a terra. Era a terra sem forma e vazia; trevas cobriam a face do abismo, e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas. Disse Deus: “Haja luz”, e houve luz. (Gênesis 1:1-3)

As determinações divinas são como já vimos soberanas. Vimos que para o Senhor não há nada impossível (Lucas 1.37). E que com o poder de sua palavra Ele criou todas as coisas.

Sendo assim, uma Palavra de Deus pode mudar todo o rumo da sua história. A Terra era um caos e com uma palavra Ele a reordenou. Pode ser assim com você.

Faça Parte da Nossa Comunidade!

Gostou do nosso conteúdo? Cadastre seu e-mail e seja informado sobre novas publicações.

Sem Fé é Impossível Agradar a Deus

Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa aqueles que o buscam. (Hebreus 11:6)

Ao aproximar-se do Senhor você precisa sobre tudo de um elemento: fé. Deus deseja ser crido. Ele não suporta a desconfiança, a incredulidade.

A grande maioria dos hebreus que saíram do Egito no Êxodo, não puderam entrar no descanso do Senhor por causa da incredulidade (Hebreus 3.18,19)

A Oração

Na minha aflição clamei ao Senhor; gritei por socorro ao meu Deus. Do seu templo ele ouviu a minha voz; meu grito chegou à sua presença, aos seus ouvidos. (Salmos 18.6)

A oração é a linguagem de Deus. Ele não fica indiferente ao clamor dos seus filhos (Mateus 7.9-11). Não é sem razão que o Senhor Jesus exorta: “Peçam, e lhes será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta lhes será aberta. Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e àquele que bate, a porta será aberta. (Mateus 7:7,8)

Os Milagres 

Ele realiza maravilhas insondáveis, milagres que não se pode contar. (Jó 5.9)

Deus é bom e na manifestação de sua bondade Ele opera milagres em favor dos que o buscam. Talvez você pergunte: “Qual o critério?”

Como já foi dito antes o critério é a fé. O Senhor Jesus disse: “Não lhe falei que, se você cresse, veria a glória de Deus?” (João 11.40).

Quem Entrará no Reino de Deus?

Certa vez, tendo sido interrogado pelos fariseus sobre quando viria o Reino de Deus, Jesus respondeu: “O Reino de Deus não vem de modo visível. ” (Lucas 17:20)

Aqueles que receberem a Jesus como Senhor e Salvador de suas vidas. Só há um caminho e Ele foi aberto por Jesus (João 14.6).

Porque isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador, Que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade. Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem. (1 Timóteo 2:3-5).

Então qual a sua escolha?

Conclusão

Não há como provar cientificamente a existência de Deus. Ele é espirito, não há como submetê-lo a testes de laboratório.

O elemento indispensável nesse relacionamento é a fé. É necessário crer que o Senhor existe e que a Bíblia é a sua Palavra, ou seja a forma como Ele se comunica conosco e se revela.

E você o que acha? Concorda com o que foi dito neste artigo? Qual a sua opinião? Deixe o seu comentário.

Compartilhe esse artigo com seus amigos, contatos, parentes. Creio que será bênção na vida deles. Não esqueça, INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL.

Deus abençoe!

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, estudante de Teologia e Administração. Seu amor por Jesus o inspirou a fundar esse site.

Faça Parte da Nossa Comunidade!

Gostou do nosso conteúdo? Cadastre seu e-mail e seja informado sobre novas publicações.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.